"Abrindo..."

Entenda mais sobre o Coronavírus

Esse vírus surgiu em Wuhan, na China. A metrópole de mais de 11 milhões de habitantes está isolada

O coronavírus (CoV) é uma grande família viral, conhecido desde 1960, que causa infecção respiratória em seres humanos e em animais. Geralmente causam doenças respiratórias leves a moderada, semelhante a um resfriado e pneumonia.

Médicos atendem paciente infectado pelo coronavírus no hospital Zhongnan, em Wuhan, na China. 24-01-20
Imagem: Xinhua/Xiong Qi

Quando o coronavírus se torna mais grave causam doenças piores, como a temida Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars, sigla em inglês), responsável pela morte de mais de 600 pessoas na China e em Hong Kong entre 2002 e 2003. O vírus que circula agora é uma espécie nova, desconhecida da comunidade médica, e o medo é de uma pandemia global.

Os sintomas mais comuns do coronavírus são: febre, dor, dificuldade para respirar, diarréia, tosse e pneumonia. Os sintomas bem parecidos com o da pneumonia.

Esse vírus surgiu em Wuhan, na China. A metrópole de mais de 11 milhões de habitantes está isolada. Ninguém entra e nem sai da cidade. Foram instalados detectores de febre nas estações de embarque e no aeroporto.

Ainda não há tratamento contra o coronavírus em si, apenas contra os sintomas. Pacientes tomam remédio para baixar a febre e recebem máscara de oxigênio para respirar melhor, por exemplo.

Para evitar contrair o vírus devemos tomar alguns cuidados, como lavar bem as mãos, várias vezes ao dia. Não passar as mãos nos olhos, nariz, boca. E sempre procurar passar o álcool gel.

Já confirmaram casos fora da China, como nos EUA, por exemplo. E agora foram confirmados mais dois casos no Brasil, em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul e outro em Curitiba, Paraná. Outro caso já havia sido confirmado em Belo Horizonte, Minas Gerais.

O Governo diz que os pacientes se enquadram na atual definição de caso suspeito para NCOV-2019 ( o novo coronavírus), apresentando febre e problemas respiratórios.

O paciente de São Leopoldo confirmou que chegou da China, tem poucos dias. O material coletado dele foi enviado para análise. Ele segue internado e em isolamento.

O Ministério da Saúde reforçou para a população só viajar para a China, ou em lugares que têm casos confirmados em caso extremo, evitar ao máximo. Segundo o último boletim emitido pela OMS (Organização Mundial da Saúde) tem quase 3 mil casos confirmados, e todo território chinês é considerado área de transmissão ativa da doença. E ainda segundo a OMS, o risco mundial de contaminação é considerado alto.

ATUALIZADO:

Atualização sobre coronavírus no Brasil

O Ministério da Saúde já confirmou 9 casos no Brasil em 6 estados. Desde 18 de janeiro, o Brasil descartou 4 casos. O País recebeu 33 notificações do 2019-nCoV, mas já excluiu 20.

Coronavírus no Brasil:

- 33 notificações;
- 9 casos suspeitos;
- 4 descartados. Chegaram a ser suspeita, mas a investigação descartou o vírus;
- 20 excluídos. Não apresentaram requisitos para ser colocado como suspeito.

Os estados com suspeitos são: Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Ceará. Todos os pacientes estão passando por todos os exames para confirmar ou descartar o vírus.